Oftalmologia: 10 motivos que indicam que você pode estar precisando ir em um oftalmologista e não sabia

A saúde e o bem-estar do nosso corpo são essenciais para vivermos bem. Uma das partes do nosso corpo que, com certeza, não pode ser negligenciada, são os olhos. Assim, a oftalmologia é a área que cuida dos olhos e, para verificar se está tudo bem com eles, você deve ir a uma consulta oftalmologia.

Neste texto, vamos apresentar 10 sinais que indicam que é melhor você passar em uma consulta com o médico oftalmologista para garantir se está tudo bem com sua visão e com seu corpo. Também, iremos falar quanto custa uma oftalmologia consulta, por isso, continue a leitura!

quando ir ao oftalmologista
A saúde dos olhos é muito importante. A oftalmologia é a área responsável por cuidar deles | Foto: Freepik

Motivos que indicam que você precisa ir ao oftalmologista

1.   Já faz mais de um ano desde sua última consulta

Quem usa óculos ou lentes de contato acaba passando no oftalmologista pelo menos uma vez ao ano para atualizar a receita. Mas e se você não faz parte desse grupo? Ou pior, faz e mesmo assim não faz exames de rotina?

É importantíssimo ir ao oftalmologista e fazer testes para garantir se está tudo em ordem. Um ano é o período ideal máximo para deixar de espaço entre uma consulta e outra.

Oftalmologista não é só ver se precisa de óculos ou atualizar a receita, é garantir o bem-estar geral dos olhos. O oftalmologista checa sua pressão ocular e, por meio da observação dos vasos sanguíneos, ele pode detectar se o paciente pode estar desenvolvendo problemas como diabetes, colesterol alto e até mesmo algum tipo de câncer, além de doenças como glaucoma e catarata.

2.   Você sofre de dor de cabeça

Dor de cabeça pode ter vários motivos: enxaqueca, sinusite, resfriado, estresse, dor muscular, problemas do dente e, claro, problemas na visão. Ainda mais se você fica o dia todo em telas digitais, como celular ou computador, isso pode estar sobrecarregando os olhos e dando dores de cabeça.

Esse tipo de dor de cabeça é latejante, especialmente por trás dos olhos ou sobrancelhas. Dar um tempo de descanso aos olhos pode ajudar, mas o indicado é ir ao oftalmologista, assim ele pode dar uma olhada no que está errado e recomendar um óculos ou alterar o grau do que você já tem.

Para quem usa muito o computador ou celular, é bom usar óculos de lentes de filtro azul, que diminuem o brilho das telas, diminuindo o cansaço e a dor nos olhos.

3.   Seus olhos doem

Ok, essa pode parecer meio óbvia, ou pelo menos deveria parecer. Se você está com dor nos olhos, tente ir ao oftalmologista, a probabilidade da causa da sua dor ser resolvida por ele é enorme.

Isso pode ser alguma infecção, olhos secos, sinusite, enxaqueca, problema na retina ou pressão alta nos olhos. O médico fará alguns exames com você para saber se está tudo bem por dentro e por fora do olho, e no fim pode recomendar algum remédio.

4.   Seus olhos estão vermelhos e inchados

Isso é, mais provavelmente, um sinal de conjuntivite, ainda mais se seus olhos estão coçando, com secreções ou sensíveis à luz. Esses problemas podem ser uma infecção viral ou bacteriana, ou pode também ser algum sinal de alergia, o melhor é ir ao médico para ele fazer o diagnóstico.

5.   Você percebe manchas e flashes estranhos

Não é incomum vermos manchas ou faixas onduladas de vez em quando, especialmente depois de olhar para uma luz muito forte. Contudo, se isso está acontecendo frequentemente e vier acompanhado de flashes de luz, é um sinal para ir ao oftalmologista.

6.   Sua visão falha

Você está vendo claramente em um minuto e embaçado no próximo? As variações da visão podem ser causadas por olho seco, astigmatismo não corrigido ou diabetes não tratada, já que a quantidade de açúcar no sangue pode causar inchaço na lente do olho.

Consulte um médico para ver se está tudo bem, se você não precisa de óculos ou alterar o grau do que você já usa.

7.   Sua visão está embaçada ou dupla

Isso pode estar associado a alguns problemas na visão, como catarata, diferença de grau, estrabismo ou problemas nos nervos ou músculos oculares.

8.   Dificuldade para enxergar à noite ou enxergar cores

Se você enxerga cada vez menos quando a luz está baixa, especialmente à noite, pode ser um início de catarata.

A doença ocular mais conhecida por apresentar a dificuldade de enxergar cores é o daltonismo. Contudo, também existem outras condições que podem alterar a capacidade de ver cores ou distinguir detalhes, por exemplo: catarata ou glaucoma.

9.   Histórico de hipertensão ou diabetes

Como apresentamos até agora, muitos problemas de visão podem estar associados à diabetes, então, se você tem histórico dessa doença na família, é sempre bom dar uma checada anual para ver se está tudo em ordem.

10. Chegada da idade

Fazer um check-up anual no oftalmologista é recomendado para todos, contudo, a partir dos 50 anos os problemas podem começar a aumentar. Então, ir duas vezes ao ano pode ser melhor caso você sinta que sua visão e olhos estão piorando.

Quanto custa uma consulta com um oftalmologista?

Isso pode variar muito, depende da formação do médico, localização dele, especialização e dos convênios e planos de saúde ele aceita. A faixa seria de 100 a 200 reais para uma consulta, já os exames podem custar de 80 a 300 reais, dependendo da complexidade dele. Por isso, é sempre bom verificar o preço da consulta antes de marcá-la.

Conheça o CADEG

Como foi visto, é importante garantirmos a saúde dos olhos e ir à consulta oftalmologia, pois ignorar algum problema sério pode causar até cegueira. Visite anualmente um oftalmologista e garanta o seu bem-estar. Para isso, o Centro Médico CADEG, que possui um Clube de Benefícios Médicos, destacou que ao adquirir o clube de benefícios, a pessoa tem de 20% a 70% de desconto em consultas e exames, inclusive em consultas com o profissional de oftalmologia. Acesse mais informações sobre as vantagens da plataforma no site.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Saiba mais sobre como cuidar de você e da sua família

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência para você. Ao utilizar este site, você concorda com o uso destes cookies.