7 doenças infantis para prestar atenção!

Durante a infância, é mais comum adquirir doenças infecciosas e/ou contagiosas, justamente pelo fato das crianças socializarem constantemente umas com as outras por meio de brincadeiras, que aumentam a probabilidade dos pequenos levarem as mãos aos olhos e bocas. Esse contato é super importante durante esse período, mas naturalmente acaba aumentando os riscos de contaminação e doenças infantis.

as doenças infantis mais comuns, como identificá-las e tratá-las
Criança com catapora infantil | Foto: Freepik

Não há motivo para ficar preocupado, uma vez que tais doenças infantis são de fácil tratamento, desde que todas as recomendações médicas sejam seguidas. Caso você tenha filhos, sobrinhos ou netos, não deixe de acompanhar este post. Vamos mostrar as principais doenças infantis, como catapora infantil e infecção de ouvido, as causas, os sintomas e o que fazer se isso ocorrer.

Catapora

Causada pelo vírus varicela-zoster, essa doença acomete, principalmente, crianças com menos de 10 anos. Em sua maioria, as crianças que adquirem catapora durante a infância ficam “imunes” ou mais protegidas na fase adulta.

O vírus se instala de forma latente no organismo, em gânglios nervosos próximos à coluna vertebral. É possível contrair a doença por meio do contato direto com saliva ou secreções respiratórias da pessoa infectada, ou pelo contato com o líquido do interior das vesículas. Depois do contato, passam-se em média 15 dias para que haja o aparecimento dos primeiros sintomas e a recuperação completa só ocorre de 7 a 10 dias após a manifestação destes.

Os principais sintomas são:

  • Febre alta;
  • Mal-estar;
  • Falta de apetite;
  • Cansaço;
  • Manchas vermelhas;
  • Coceira (oriunda das manchas).

​Sarampo

O sarampo é uma doença viral transmitida pelo Morbillivirus, sendo de fácil contágio, uma vez que a transmissão acontece por meio do contato com a saliva. Isto é, mediante contato com tosse, espirro ou secreção nasal da pessoa contaminada.

Os sintomas que mais acometem as crianças são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Irritação na pele e nos olhos;
  • Nariz escorrendo ou entupido;
  • Mal-estar intenso.

Atenção: após o aparecimento das manchas (irritação na pele), se houver persistência da febre, este é um sinal de alerta que pode indicar gravidade da doença, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

Caxumba

Essa talvez seja a mais comum de todas as doenças no período da infância. Ela é causada pelo Paramyxovirus e é extremamente contagiosa, pois é transmitida pelo contato com a saliva e com os objetos da pessoa doente.

Uma pessoa infectada com caxumba é capaz de transmitir o vírus por cerca de uma semana antes de aparecerem os sintomas, e até 9 dias depois da apresentação destes.

Os efeitos são:

  • Febre;
  •  Dor na face;
  •  Aumento do volume das glândulas salivares;
  • Dores na cabeça e no corpo.

Não existe um tratamento específico, então, quem é contaminado precisa ficar em repouso e em isolamento, apenas ministrando as devidas medicações, que vão aliviar os sintomas.

Doenças infantis
Criança com febre, deitada e de máscara cirúrgica para evitar a proliferação da doença | Foto: Freepik

Rubéola

A rubéola é uma doença viral do Rubella vírus, que não gera complicações nas crianças, mesmo sendo muito comum entre 5 a 9 anos. A transmissão geralmente acontece de uma pessoa a outra pela emissão de gotículas das secreções respiratórias dos doentes.

Depois de um período de incubação, que pode chegar a 3 semanas, os primeiros sintomas começam a aparecer, |Entre eles, estão:

  • Febre baixa;
  • Manchas rosadas no rosto e no corpo.

A boa notícia é que para estas doenças, rubéola, sarampo e caxumba, existe um combinado de vacinas, a chamada tríplice viral, que é dividida em duas doses. A primeira é aplicada quando a criança completa um ano de idade. Já a segunda dose é apenas entre quatro e seis anos de idade.

Infecção nos ouvidos

A inflamação nos ouvidos é muito comum na infância e é geralmente causada pela otite média, ou seja, acometida no ouvido médio da criança. Ela é causada por bactérias, ou até mesmo por vírus, e aumenta a quantidade de muco presente no local, o que leva a um entupimento.

Essa infecção causa:

  • Vômitos e náuseas;
  • Febre alta;
  • Dores no ouvido.

Infecção na garganta

Aqui, também são os vírus e as bactérias que podem chegar a atingir a faringe e as amígdalas. Essas duas variantes pedem tratamentos diferentes, logo, é preciso ficar atento. Caso seja viral, o tratamento é realizado com analgésicos e antitérmicos. Quando é do tipo bacteriana, é necessário tratar com antibióticos.

Os sintomas são parecidos com os anteriores, trocando a dor no ouvido pela dor na garganta (sendo que, às vezes, esta pode se agravar e desencadear dores no ouvido);

Alergias

Nessa fase, é comum que os pequenos adquiram alergias que vão desde a alimentar até a respiratória. O leite é um dos principais alimentos causadores da alergia alimentar, juntamente com os corantes e o ovo. Nesses casos, ocorre da criança apresentar coceira, dores abdominais e problemas para respirar.

Quando falamos das alergias respiratórias, adentram a rinite, a asma e a sinusite. Estas causam alguns sintomas diferentes, mas outros são bastante característicos, por exemplo:

  •  Coriza;
  • Espirros;
  • Congestão nasal;
  • Tosse;
  • Dificuldades para respirar.

Viroses

Outra doença bastante comum são as viroses. Estas podem se expressar de diversas maneiras, com os mais variados sintomas, uma vez que pode ser causada por vários tipos distintos de vírus e é desencadeada a partir do contato com uma outra criança infectada.

Os sintomas mais comuns são:

  • Febre;
  • Dor de cabeça, garganta ou ouvido;
  • Coriza;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Falta de apetite;
  • Cansaço.

As viroses duram aproximadamente uma semana, mas isso varia de caso para caso e de vírus para vírus. Por isso, é sempre bom prestar atenção e consultar um médico.

O que faço se meu filho adquirir uma dessas doenças?

Ir ao hospital nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente para quem não tem plano de saúde ou clube de benefícios. Por isso, o Centro Médico CADEG (localizado dentro do CADEG-RJ) busca  oferecer consultas e exames para mais de 30 especialidades diferentes, com preços populares e super acessíveis.

O CADEG possui um Clube de Benefícios Médicos no qual quem o adere pode desfrutar de um desconto incrível: 20% a 70% a menos em todas consultas e exames, seja para tratar doenças infantis ou enfermidades em adultos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Saiba mais sobre como cuidar de você e da sua família

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência para você. Ao utilizar este site, você concorda com o uso destes cookies.