Pediatria: o que é, o que trata e quando procurar o médico de crianças

Pediatria: o que é, o que trata e quando procurar o médico de crianças
A pediatria é responsável por cuidar da saúde infantil. Foto: Freepik

Médico pediatra: veja como ele pode auxiliar seu filho durante o crescimento!

Responsável por cuidar da saúde da criança até a fase da adolescência, a pediatria é uma especialidade da medicina importante não só para a criança, mas também para a família. Afinal, há pacientes que, pela faixa etária, não sabem expressar o que sentem, tornando esse trabalho cada vez mais necessário.

 O que é Pediatria

Sendo direto ao ponto, a pediatria é a área da medicina que cuida da saúde de uma criança como um todo, desde a fase bebê até a sua adolescência. Cada vez mais, o pediatra vem fazendo um papel fundamental nas famílias, isso porque ele também é responsável pelo aconselhamento genético.

Um profissional que decide fazer parte da pediatria tem que ter em mente que a concepção é um dos principais atributos da área. O motivo se dá pelo fato de que uma criança, na maioria das vezes, não sabe expressar com tanta facilidade o que está sentindo, Assim, tal situação exige do médico o conhecimento técnico adequado.

O grande diferencial de um médico pediátrico é a atenção principalmente na prevenção. Ou seja, é fundamental orientar os pais no crescimento e desenvolvimento dos filhos em relação a idade.

É importante salientar que a pediatria é uma profissão que exige dedicação, estudo e amor ao próximo.

Como é o dia a dia

Geralmente, a escolha do local de trabalho é feita pelo profissional no começo da sua carreira, quando ainda não possui um consultório próprio. Dentre os principais estão: plantões de emergência, centro de terapia intensiva, enfermarias de hospitais ou consultórios.

Porém, o médico pediatra deve dar importância ao atendimento longitudinal. Isto é, acompanhar o nascimento, crescimento e desenvolvimento da criança, auxiliando inclusive na assistência com os responsáveis em possíveis tratamentos, para que o paciente cresça e se torne um adulto saudável.

Outro fator essencial, que pode assustar o profissional no começo da profissão, é a preocupação com as ligações constantes das mães preocupadas com a saúde dos seus filhos. Nesse ponto, é essencial possuir um contato de emergência para ocasiões desse tipo.

Uma dica importante é anotar todas as possíveis dúvidas que o responsável pela criança possa ter, para que assim quando houver uma consulta, o médico consiga esclarecer da melhor forma possível. Além disso, o profissional que conhece os desfechos das doenças, consegue fazer um diagnóstico mais preciso.

Desde modo, o pediatra vem preferindo nos últimos anos manter um atendimento mais particular (personalizado). Com isso, ele consegue controlar e administrar compromissos, seus agendamentos e atender os pacientes de acordo com a sua disponibilidade.

Quais Exames um Pediatra Pode Pedir

Assim como os adultos precisam passar regularmente no médico para evitar doenças futuras e se prevenir, com uma criança não é diferente. Inclusive, as idas ao pediatra precisam ser mais frequentes, visto que a saúde infantil tende a precisar de maiores cuidados.

Os cuidados com a saúde da criança começam desde o pré-natal e vão até a adolescência. Nos primeiros meses de vida, as consultas costumam ser mensais. Conforme o tempo e desenvolvimento, as idas ao médico passam a ser anuais. O pediatra geralmente solicita alguns exames de rotina, dentre eles:

Exame de Urina

É um dos testes mais pedidos pelos médicos. Através dele, é possível encontrar a presença de bactérias e infecções, além de identificar a falta de proteína.

Exame de Fezes

Assim como no exame de urina, no exame parasitológico de fezes também é possível fazer análises da presença de patologias causadoras de infecções. É essencial para revelar informações importantes para a saúde infantil.

Hemograma

O exame de sangue pode causar um certo incômodo na criança na hora da realização, mas é completo para analisar fatores como anemias e até mesmo doenças crônicas presentes já na infância.

Anticorpos para Hepatite

Também pode ser feito através da coleta de sangue, o exame é capaz de identificar as hepatites A, B e C auxiliando nas vacinações e reforço de enfermidades.

Glicemia e Insulina

Muito se engana quem pensa que só adultos podem apresentar baixa de insulina (o hormônio responsável por diminuir o nível de glicemia/açúcar no sangue). A diabete infantil é uma preocupação global e é de extrema importância o diagnóstico, principalmente, se já houver casos na família.

Ultrassom

Responsável na avaliação dos órgãos internos, a ultrassonografia é um dos exames mais pedidos e menos invasivos. O teste pode ser pedido até para recém-nascidos.

Quando se Deve Procurar um Pediatra

É necessário procurar um médico pediatra não só quando a criança apresentar alguns sintomas, mas periodicamente. Algumas mães preferem marcar a primeira consulta já no pré-natal, o que é um fator importante para identificar possíveis doenças já na gestação.

Após o nascimento, a consulta ao médico é crucial para acompanhar o crescimento, ganho de peso, proteínas e, sobretudo, o desenvolvimento da criança. Fora isso, o pediatra deve ser procurado em casos de emergências ou quando a criança apresenta alguns sintomas como: resfriado, febre, tosses, cólicas entre outros.

Tipos de Pediatra

A área da pediatria abrange tópicos curativos, preventivos e até de pesquisa. Além de cuidar da saúde infantil, o médico pediátrico, também, auxilia na orientação dos pais/responsáveis sobre amamentação, aleitamento materno e vacinação.

Conheça outros tipos de pediatria

  • Administração em Saúde
  • Cardiologia Pediátrica
  • Endocrinologia Pediátrica
  • Gastroenterologia Pediátrica
  •  Imunologia Pediátrica
  •  Infectologia Pediátrica
  •  Medicina do Adolescente
  •   Neonatologia

 Até quantos anos o Pediatra atende?

É comum, em consultórios, nos depararmos com pacientes adolescentes e até adultos se consultando em pediatra. Existem pessoas, já crescidas, que ainda mantêm contato com o seu médico de infância. Quando encontramos um médico responsável e com muito amor na sua profissão, fica difícil desapegar.

De acordo com o Conselho de Prática Pediátrica dos Estados Unidos, o acompanhamento com um pediatra pode ser feito até o paciente completar 21 anos de idade. Porém, em algumas outras entidades, essa idade pode variar de 12 a 18 anos.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera qualquer indivíduo com a idade de 10 a 20 anos incompletos adolescentes.

Em suma, não existe de fato uma idade limite, o que deve ser levado em consideração é a qualidade e confiança no médico, o importante é sempre manter a saúde em dia.

Centro Médico CADEG

Quer manter a saúde do seu filho em dia? Conheça o Centro Médico CADEG. Lá você encontra o  Clube de Benefícios, que conta com descontos de 30% a 70% em exames médicos, além de serviços de alta qualidade e preços acessíveis.

A clínica possui diversas especialidades como: Pediatria, Cardiologia, Psicologia, Ginecologia, entre outros.

Visite o site e faça já o seu agendamento!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Saiba mais sobre como cuidar de você e da sua família

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência para você. Ao utilizar este site, você concorda com o uso destes cookies.