O que é um nutricionista esportivo? Quais as diferenças para o nutricionista comum?

Além de uma alimentação saudável, o acompanhamento com um nutricionista esportivo é essencial para se obter bons resultados na prática de esportes. Afinal, quando se fala sobre praticar esportes, alimentação saudável é uma das bases de energia para aprimorar a performance.

Com o aumento da demanda por atividades físicas em busca do bem-estar, o papel do nutricionista esportivo ganha cada vez mais relevância entre os atletas de longa data e os iniciantes. Mas afinal, o que faz um nutricionista esportivo, o que o diferencia dos outros profissionais da nutrição e o que é nutricionista funcional e esportiva? Leia as respostas para essas e muitas outras perguntas a seguir!

O que faz um nutricionista?

Antes de analisar o dia a dia de um nutricionista esportivo, é importante entender quais são as funções gerais do nutricionista. Devido ao seu estudo sobre os valores nutricionais que compõem os alimentos, esse profissional é capaz de desenvolver dietas e realizar avaliações nutricionais da saúde de seus pacientes. Sendo assim, a especialização em nutrição do esporte é um casamento entre alimentação adequada e condicionamento físico.

Saiba tudo sobre o nutricionista esportivo
Saiba aqui o que faz um nutricionista esportivo | Foto: Freepik

O que faz o nutricionista esportivo?

Adapta o cardápio de seus pacientes

O nutricionista esportivo avalia a composição corporal apropriada de acordo com a modalidade praticada pelo seu paciente, a fim de se obter um melhor desempenho por meio de uma dieta para a rotina e para o pré e pós-treino.

Ao adaptar a alimentação, o nutricionista desenvolve um cardápio balanceado em macro e micronutrientes, minerais, fibras, proteínas e, caso seja necessário, suplementos, para que não haja carência de nutrientes que afetam a performance.

Desenvolve planos de hidratação

Além de uma boa alimentação, um planejamento de hidratação bem estruturado também é fundamental para o rendimento de um atleta! Como o metabolismo de cada atleta corresponde a diferentes interações, o nutricionista observa as taxas e o ritmo para traçar melhor um cronograma de hidratação.

Analisa a composição corporal individual

Entendendo o biotipo e os aspectos fisiológicos de cada paciente, o nutricionista do esporte ainda adequa as suas orientações para o reforço dos músculos, o aumento ou perda de massa muscular e a definição da mesma. Desse modo, o profissional e o paciente reconhecem quais são os indicadores individuais, como gordura e massa, importantes para manter a saúde em dia durante os treinamentos.

Trabalha ao lado de outros profissionais

Quando o acompanhamento é realizado com atletas, a profissão também se destaca pela necessidade de atuação em conjunto com o time. Assim, a preparação dos esportistas se torna um trabalho de várias mãos, em que a comunicação entre nutricionistas e preparadores físicos é fundamental para se obter o alcance desejado e estar atento às mudanças ocorridas sobre o rendimento.

O que faz o nutricionista esportivo
Nutricionista esportivo desenvolve planos para que os atletas atinjam um desempenho melhor | Foto: Freepik

O que o nutricionista esportivo não pode fazer?

Ao iniciar um acompanhamento com um nutricionista do esporte, é necessário ter consciência de que a nutrição é uma via de mão dupla que será construída aos poucos. Para encontrar os resultados desejados, o paciente precisa estar determinado e seguir as orientações do profissional, e não esperar que esse apresente uma “fórmula mágica” para tais soluções.

Além disso, é importante ressaltar que o nutricionista não pode prescrever medicações aos seus pacientes, como remédios para perder peso, pois essa função está restrita aos médicos e a alguns farmacêuticos autorizados.

Por outro lado, o nutricionista esportivo pode incluir na rotina de seus pacientes os auxílios ergogênicos, conhecidos como suplementos. O profissional indica esses componentes específicos de acordo com a modalidade praticada pelo paciente, levando em consideração o perfil do atleta e a sua rotina. Quando a carga de treinamento do esporte é mais intensa, o nutricionista desenvolve o plano de alimentação conjuntamente a um suplemento adequado.

Mas vale lembrar que o nutricionista esportivo cuida apenas da alimentação mais apropriada para os seus pacientes! As orientações desse profissional não contam com planos de treinamentos e quais exercícios físicos devem ser adotados pelos atletas. Avaliar as condições físicas diante da prática de algum esporte é função dos treinadores e de profissionais de educação física.

Diferenças entre o nutricionista esportivo e o funcional

Mesmo que esses dois campos da nutrição trabalhem em torno da individualidade bioquímica de cada paciente, eles se distinguem diante de seus objetivos particulares. A nutrição esportiva tem como foco o desenvolvimento de estratégias e metas para que os atletas atinjam os seus melhores resultados.

Já a nutrição funcional, por outro lado, atua na interligação entre todos os sistemas do corpo e da mente. O nutricionista funcional, então, estuda o condicionamento físico, os aspectos psicológicos e genéticos e as queixas específicas de cada indivíduo para planejar uma dieta personalizada que irá restabelecer os nutrientes do organismo.

Portanto, essa área da nutrição não enfatiza a quantidade de calorias ou os alimentos considerados saudáveis de um modo geral. Ela busca compreender as necessidades nutricionais particulares, como os ingredientes estão interferindo no corpo e se as “falhas” do organismo estão sendo corrigidas através da reeducação alimentar.

Quando procurar um nutricionista do esporte?

Como já ressaltamos no início deste texto, a alimentação está diretamente ligada aos bons resultados. Assim, antes de iniciar a prática de alguma atividade física, é importante passar por uma avaliação com o nutricionista esportivo, que irá traçar uma dieta individualizada de acordo com seus gastos energéticos, objetivos estéticos e desempenho.

Por meio de estratégias da rotina alimentar e de suplementação, o nutricionista do esporte ainda auxilia os pacientes que desejam ganhar massa muscular ou reduzir o percentual de gordura, mas que não alcançam os resultados somente com os treinos. Já para os que participam de competições, o acompanhamento com o nutricionista é fundamental, pois ele apresenta orientações de suporte para a melhora da performance.

Mesmo que não seja adepto a esportes, é possível procurar esse profissional se a sua intenção também é a de conciliar saúde com a estética. Nessa área da nutrição, o grande objetivo é o da manutenção da massa muscular alinhada a uma alimentação saudável.

Os custos de uma consulta

O valor desembolsado para realizar uma consulta com um nutricionista esportivo pode ser influenciado por alguns fatores, como a localização, o tempo de experiência e qual é o tipo de acompanhamento que será adotado com o paciente.

Atualmente, os valores de uma consulta com esse profissional variam entre R$ 50,00 e R$ 300,00. Mas no Centro Médico CADEG, devido ao sistema de clube de benefícios que é fornecido, diferentes especialidades e tipos de exames saem por um preço menor para o seu bolso!

Conheça o Centro Médico CADEG

Localizado em Benfica, no Rio de Janeiro, o Centro Médico CADEG é uma policlínica popular que realiza mais de 790 tipos de exames e atende a mais de 30 especialidades, incluindo a nutrição. A clínica ainda oferece um clube de benefícios, que possibilita que os pacientes tenham acesso a um sistema de saúde de alta qualidade por um preço acessível.

Fazer parte desse clube é fácil! Por meio do site ou do telefone da clínica, o cliente se cadastra, assina um contrato e recebe a carteirinha do CADEG. Com uma mensalidade a preço baixo e livre de anuidade e carência, os pacientes também podem receber de 20 a 70% de desconto no pagamento de consultas, exames de imagem, exames laboratoriais e serviços de estética.

No entanto, o clube de benefícios não equivale a um plano de saúde. As empresas que oferecem convênios trabalham com serviços mais abrangentes por valores elevados, como a cobertura de internações e de cirurgias complexas. Já o sistema de benefícios é uma alternativa de assistência médica para a população de baixa e média renda, que vem ganhando destaque nos atendimentos de saúde do país, principalmente entre as famílias que não têm condições de pagar por um plano. Saiba mais sobre o CADEG e faça sua consulta com o nutricionista esportivo!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Saiba mais sobre como cuidar de você e da sua família

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência para você. Ao utilizar este site, você concorda com o uso destes cookies.